Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Admin
Mensagens : 113
Data de inscrição : 26/06/2018
Ver perfil do usuáriohttp://ducado-do-belo-mar.forumeiros.com

O Primeiro Convite

em Sex Out 05, 2018 11:07 am
Após cada um voltar para sua casa e seus afazeres no domingo à noite, a segunda-feira passa normal, sem nada de diferente. Alguns trabalhando, outros estudando, outros sendo bitch.

 Na terça-feira à noite, ao chegarem em casa, vocês encontram uma envelope envelhecido, claramente Quimérico, com o seu nome escrito em letras trabalhadas nele. Ao abrir, é possível ler o seguinte texto em uma letra impecável:

" O Duque do Belo-Mar requer sua presença para o Baile de Máscaras que acontecerá em seu Freehold. 

 Este evento será mais uma tentativa de trazer novamente a paz entre o Ducado e a Imperatriz do Inverno, precisamos de todos nesses tempos sombrios que estão por vir.

Para entrar no Freehold, siga as instruções:

1) Vá até a área conhecida como Floresta da Tijuca e fique de frente para a árvore mais brilhante do local.
2) Cante uma canção de sua preferência.
3) Siga o seguinte passos: 12 para a direita, 4 para trás, 15 para esquerda, 1 para frente, 3 para a direita e 3 para frente.
4) Entre.

O Baile acontecerá nesta quarta-feira às 19:00. Porém, todos devem chegar às 17:00 para tratarmos de assuntos internos. "

Além disso, ao final em letras simples possui um informação:

" Favor levar R$40,00 para cobrir algumas despesas do evento. Entregar à Dona Antônia."
avatar
Mensagens : 79
Data de inscrição : 23/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Sex Out 05, 2018 12:07 pm
A Baronesa esteve bastante atarefada nos últimos dias. Cuidava com afinco do Filho do Duque enquanto tentava trabalhar e cuidar de sua vida pessoal. A Vida era muito difícil quando não se tem empregados e a jovem nobre sabia que precisa fazer algo a respeito urgentemente. 

Um convite para um baile chega e a Sidhe sorri consigo mesma. Seria o primeiro Baile desde que voltara de Arcádia e jovem fica extremamente empolgada com uma noite de música, dança e distrações. Seria sua primeira oportunidade de causar uma boa impressão a toda a corte e um sentimento familiar de desespero toma conta do coração da nobre:

*O que raios eu vou usar?! Que desastre! Preciso resolver isso urgente!*

Deixando qualquer outra coisa de lado, a Baronesa parte em sua missão mais importante até agora: encontrar o traje perfeito para o baile!

Com a máxima agilidade ela combina com Arianna de irem ao único lugar aonde ela acredita ser possível encontrar o que precisa, o Saara. 

A missão seria difícil! Evony teria que desbravar os mares de pessoas feias e pobres para encontrar o vestido perfeito e a melhor máscara. 

A jovem disfarça a si mesma e ao filho do duque com bonés, grandes óculos escuros e roupas simples - uma camiseta branca e calça jeans. A jovem prende seu cabelo num rabo de cavalo e cuida para que Edvan também esteja de bonés e óculos com roupas de criança. 

Armada com toda a sua determinação a jovem Baronesa parte com o filho do Duque e assim que avista Arianna a jovem diz aos dois como uma general se dirige aos seus soldados antes de uma guerra:


"- Nós precisamos encontrar a melhor costureira deste lugar! Nada ficará em nosso caminho! Edvan, fique atento ao primeiro sinal de quimeras. Arianna fique sempre atenta a Edvan e a nossa segurança! Encontremos o vestido perfeito e teremos o melhor baile de nossas vidas ou eu não me chamo Baronesa Evony de Eiluned."

*Enquanto essa chata cuida do pirralho eu encontrarei o melhor vestido e a melhor máscara e eu serei a mais bela desse baile, como sempre!*

Com toda a sua determinação e mãos dadas com os dois outros Sidhe, a Baronesa parte em sua missão com a determinação de uma rainha.

_________________
Baronesa Evony Marquis Fleurette da Casa Eiluned

Carisma 5 - Aparência Mortal 5 - Aparência Feérica 7

Qualidades:
Beleza Surreal, Sex Appeal, Voz do Rouxinol

Título - Baronesa da Casa Eiluned
avatar
Mensagens : 70
Data de inscrição : 23/07/2018
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 09, 2018 9:48 am
O Nocker seguia sua rotina habitual, apesar de levemente mais mórbido depois do ocorrido naquela noite de Domingo. Depois de tanta aventura, ver aquela cena horrenda pareceu lhe descarnar o seu Glamour de uma forma que ele nunca havia sentindo antes. Doeu. A segunda-feira foi tenebrosa, nada dava certo. De dentro de sua oficina, o Nocker praguejava irritado a cada cálculo errado que fazia, amaldiçoando todas as Fadas do Sonhar. '- Para o Inferno, Quebra-Galho e Dona Antônia!' - ele exclamava diante de seus erros, os quais não estava nenhum pouco acostumado a ter. A terça-feira também é um dia complicado, mas aparentemente o baque da cena macabra ia se anuviando na mente do jovem Selvagem. Ele chega em casa depois de três tempos extensivos de uma aula com coisas que ele já havia aprendido na prática. As aulas as vezes lhe pareciam inúteis diante de tudo o que ele já sabia. *Mas eu preciso continuar aqui... é a única forma de proteger os meus domínios...*, pensava diante da vontade de se levantar e ir embora. Ele também tinha Pepe, que guardava o local com maestria para ele. *Tudo vai dar certo!*, pensa. A aula termina e ele finalmente vai pra casa. Ao chegar lá, ele cumprimenta seu primeiramente seu pai, que assistia televisão depois de um dia exaustivo de trabalho. Seus irmãos estavam trancados em seus quartos, mas era possível ouvir o cantarolar de sua mãe vindo da cozinha. O cheiro bom indicava que o jantar logo sairia. Ela estava animada, afinal na quarta seria seu aniversário e ela havia pensado em tudo. A animação era tanta que a matriarca havia pedido ao Selvagem que convidasse seus amigos... aquilo havia preocupado Íkkarus, afinal ele não tinha amigos... a não ser Pepe, óbvio, mas levá-la estava fora de questão! Entretanto, o Domingo havia lhe revelado algumas figuras peculiares, ele não sabia se podia chamá-las de amigas, mas havia descoberto um mundo de aventura ao lado deles. Talvez sua mãe gostasse de conhecê-los... *Ela gostaria de conversar com o Idris, ele é cheio de histórias, como ela...*. Com isso em mente, ele vai até seu quarto e se deita na cama, esperando algum tempo antes de tomar um bom banho. Ouvindo unicamente sua respiração, ele escuta um crepitar sobre a sua mesa da cabiceira. '- Que co...!' -  ele olha, ficando paralisado com o envelope quimericamente reluzente. Devia ser algo do Ducado! '- Talvez algo sobre o julgamento!' - ele pensou. 
Abrindo-o rapidamente, o Nocker ler a carta rapidamente. Um baile? Aqueles Sidhe realmente achavam adequado um evento daqueles diante de tantos problemas? Aparentemente, eles resolveriam alguns problemas internos, os quais o Nocker acreditava serem relativos ao que eles presenciaram... até que ele vê as letras singelas e quase invisíveis diante da beleza do convite que anunciavam que eles precisavam entregar dinheiro a... '- D. Antônia?! Aquela velha imunda não está amarrada para impedir que aquelas mãos enrugadas não estripem mais alguém? Como é que pode...' - ler aquilo ofendia o coração Selvagem de Íkkarus. Ele começava a duvidar das capacidades do Duque de discernimento e se, de fato, as coisas não estavam sendo passadas para eles de forma correta. Qual era a verdadeira história entre ele e a Imperatriz do Inverno? Por que ela queria o pequeno Sidhe? Estariam os seus consortes falando a verdade? Aquilo atormentava a cabeça do Nocker. Ele joga o envelope dentro da gaveta de sua mesa de cabiceira e vai tomar banho. Enquanto a água caía sobre seu corpo ele se toca de um detalhe: o ANIVERSÁRIO DE SUA MÃE ERA QUARTA! '- Merd...AI!' - ele se exalta, levantando os braços e atingindo o nicho com produtos de higiene, que caem todos no chão. Sua mãe bate a porta perguntando se tudo estava bem e ele apenas responde: '- Eu apenas quase escorreguei, mãe... sem problemas!' - ele termina o banho e volta ao seu quarto, afinal o jantar ainda não estava pronto. Ele pega o seu celular e disca o número de Idris, pousando o aparelho sobre sue ouvido. '- Por favor, cara, atende, por favor... Não esteja gravando nada, por favor...'

_________________
~ Ícaro Brandão | Íkkarus ~
Nocker da Corte Seelie
¨
Carisma 2 | Aparência 1 
Idade Aparente: 19 anos
Vantagens/Desvantagens visíveis: Olhos de Changeling e Semblante Manifesto
"YOU BETTA WEEEEERK!"
avatar
Mensagens : 82
Data de inscrição : 29/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 09, 2018 12:10 pm
Idris chegara exausto ao Hotel, ao contrário do que teria feito normalmente, subira diretamente à seu quarto, e, enquanto checava sua agenda do outro dia, a tristeza se abatia sobre ele como as inexoráveis paredes presentes em todos os filmes de "Indiana Jones", elas o comprimiam dentro dele mesmo.

*Eu... *

Idris em nada conseguia pensar, sua mente parecia estar emaranhada em um profundo e extenso espinheiro, fazendo com que cada movimento lhe fosse doloroso, ao fim, ele escolheu a saída dos covardes e jantou o alcool dos homens para que o levasse à um sono anestesiado.

Jamais poderei descrever à ninguém o que é, para um Eshu, o sentimento de sentir-se perdido, porém, nos sonhos, era assim que ele se sentia, sem caminho, o que contribuiu para um dia pavoroso que misturava iguais doses de ressaca e receio...

Porém, o Rio de Janeiro era lindo, e, dias depois, o Humor do Wylder começava a retornar, ao fim da tarde, após uma corrida pela orla e um mergulho no mar, os pensamentos do Eshu começam a orbitar para dívidas que adquirira na noite passada, e, após um belo banho e uma boa dose de observação, escolhe uma jovem que lhe parece apropriada...

*Sim... ela... cantando sob o luar... terá os lábios gostosos como uma brisa à beira mar e... será quente como uma lareira na neve...*

Idris controlava os próprios pensamentos, posto que nunca fora imune ao charme feminino, e, era ainda mais suscetível a sua mente selvagem e geniosa..

*Ela não deve ser minha...*

Após dois drinks e uma agradável conversa, o Eshu sente uma conexão com esta antes mesmo que esta repassasse seu contato à ele e vice-Versa..

Ao subir para seu quarto novamente, já com a cabeça tomada pela cena que estava a arquitetar, quando encontra o convite em sua mesa, e, imediatamente se põe a pensar em diversas implicações, como poderia vir a furar de novo com o Produtor, se veria de novo o mascarado que sabia seu nome, mas, espantava-se posto que o que mais ocupava sua mente era imaginar um vestuário tão impactante quanto o que presenciara em seu encontro com o maestro das lâminas.. Onde poderia achar algo parecido?

O telefone toca... O Eshi Sorri...

"-Fale meu amigo Ikkarus.."

_________________
Idris Bancole - Eshu

Características notáveis - Carisma 05

Qualidades - Rosto Amigável - Bênção de Atlas
avatar
Mensagens : 70
Data de inscrição : 23/07/2018
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 09, 2018 2:22 pm
'- Boa noite, Idris... Acredito que já tinha visto a porcaria do convite, certo?' - Idris havia sido o companheiro que ele mais havia criado uma conexão depois da pequena missão do Duque, o que possibilitava que o Selvagem, apesar de sua timidez, conseguisse extrapolar suas barreiras e mostrasse um pouco do seu "jeito Nocker de ser". '- A gente vai ter que entregar dinheiro na mão da velha imunda? É isso? Cara... eu sei lá, as coisas parecem estar meio erradas nesse ducado...' 

_________________
~ Ícaro Brandão | Íkkarus ~
Nocker da Corte Seelie
¨
Carisma 2 | Aparência 1 
Idade Aparente: 19 anos
Vantagens/Desvantagens visíveis: Olhos de Changeling e Semblante Manifesto
"YOU BETTA WEEEEERK!"
avatar
Mensagens : 82
Data de inscrição : 29/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 09, 2018 4:13 pm
A ligação do Nocker era no mínimo inusitada, e, o lado rabugento desse começava a se mostrar..

Nada deixaria o Eshu mais satisfeito...

*Eu ainda o farei cantar seus xingamentos um dia...*

"-Se me permite, desde o primeiro momento duvidei da barganha que travamos, mas, estamos ligados por juramentos mais antigos que a palavra, eu, por um ano e um dia menos um, mas, caso precise pagar aquela padeira das pústulas, o farei em moedas, e, talvez, apenas talvez, misture cola e dentro do saco destas, apenas para dar algo para as mãos daqueles bastardos trabalhar.."


Após uma pequena pausa, questiona o Nocker..

"- Mas me diga mestre Ikkarus, pretende apresentar-se de que forma, tive algumas ideias que desejaria tratar com você antes do amanhã chegar... onde poderíamos nos encontrar?"

_________________
Idris Bancole - Eshu

Características notáveis - Carisma 05

Qualidades - Rosto Amigável - Bênção de Atlas
avatar
Admin
Mensagens : 113
Data de inscrição : 26/06/2018
Ver perfil do usuáriohttp://ducado-do-belo-mar.forumeiros.com

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 09, 2018 4:17 pm
O mercado do Saara é algo diferente, o lado humano é um local com ruas estreitas e repleta de lojas e vendedores berrando em suas caixas de som coisas como: "COMPRO OURO".

A versão quimérica lembra as ruas do Cairo, as lojas simples em geral parecem pequenas lojinhas de tabaco e especiarias. Os próprios humanos que trabalham nela não percebem isso, obviamente.

Arianna olha para Evony um pouco confusa com ela tomando as rédeas da situação daquela forma, mas fala de forma de forma divertida:

" - Devo admitir que você às vezes é uma Eiluned estranha Baronesa. Tome isso como um elogio, geralmente eles são tão monocromáticos e só pensam em magia.."


Ela dá um beijo na bochecha do filho do Duque que recebe feliz e fica vermelho. É possível perceber também que as pessoas ao redor olham constantemente tanto para a Baronesa quanto para Evony, alguns inclusive mais invasivos filmam vocês com seus celulares.


Vocês começam a andar por algumas ruas porém fora a aparência quimerica do lugar, não notam nada suspeito, exceto alguns seres parecido com pequeno goblins as vezes andando nos telhados das lojas. Após uma certa caminhada, um homem com uma placa no corpo de "Compro Ouro" para na frente de vocês. Ele é bastante alto e com músculos muito grandes. Ele fala para vocês:


" - Vocês querem algum ouro, jóias ou Glamour?"



E dá um sorriso.
avatar
Mensagens : 70
Data de inscrição : 23/07/2018
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 09, 2018 4:44 pm
A ideia do Eshu arranca um riso frouxo do Nocker, olhando rapidamente para seu cofrinho na estante... ali tinha muitas moedas e aquela parecia ser uma ideia bastante interessante. '- Boa, Idris... muito boa... quem saiba eu faça a mesma coisa...'- o Eshu o lembra também do pacto que haviam feito com o Duque, o que impedia eles da quebra de decoro. Íkkarus não gostaria de ficar cego, como havia jurado! O Eshu fala de apresentações e aquilo abre um alerta na cabeça do Selvagem inventor. Ele então responde: '- Eu não tinha pensado em apresentações... na verdade, eu tinha um outro evento importante para ir; mas penso que não posso faltar às futilidades que a vida de um ducado possuí. Minha mãe está terminando o jantar, meu caro, se achares prudente, venha dividir a mesa com a minha família... eu garanto que ela apreciará suas histórias.'

_________________
~ Ícaro Brandão | Íkkarus ~
Nocker da Corte Seelie
¨
Carisma 2 | Aparência 1 
Idade Aparente: 19 anos
Vantagens/Desvantagens visíveis: Olhos de Changeling e Semblante Manifesto
"YOU BETTA WEEEEERK!"
avatar
Mensagens : 82
Data de inscrição : 29/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 09, 2018 6:04 pm
O Eshu abre um largo sorriso para ninguém em especial...

"-Me passe o endereço e eu prometo me desviar apenas uma vez..."

_________________
Idris Bancole - Eshu

Características notáveis - Carisma 05

Qualidades - Rosto Amigável - Bênção de Atlas
avatar
Mensagens : 79
Data de inscrição : 23/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 09, 2018 6:04 pm
A Baronesa ri despreocupadamente com a frase de Arianna enquanto pensa:

*Então agora a essa sonsa sabe tudo sobre todas as casas é? Maldita seja!*

Os seus pensamentos porém são disfarçados pelo sorriso amistoso e a risada fácil que responde de maneira travessa no ouvido da outra Sidhe:


"- Digamos que eu tenha a minha própria magia... Veja esses mortais. Não tem como negar que nos somos feitos de algo especial, algo tão belo e especial que precisa ser dividido com o mundo. Lembre-se sempre disso minha querida."


Agora segurando uma das mãos do menino enquanto Arianna segura a outra, Evony fala de forma ainda mais travessa: 


"- Vamos lá Fionna! Ou será que você está com medo? kkkkk" a fala é zombeteira e leve, a Baronesa estava de bom humor. 

Após pouco tempo caminhando já era possível ver o lado quimérico do mercado e logo um homem misterioso lhes aborda e Baronesa lhe lança o seu sorriso mais cativante enquanto fala: 


"-  Glamour, informações e talvez o seu telefone... Se você se comportar direito."

A última frase é dita em um tom mais baixo acentuando a belíssima voz de Evony e acompanhada de um breve olhar sedutor.

_________________
Baronesa Evony Marquis Fleurette da Casa Eiluned

Carisma 5 - Aparência Mortal 5 - Aparência Feérica 7

Qualidades:
Beleza Surreal, Sex Appeal, Voz do Rouxinol

Título - Baronesa da Casa Eiluned
avatar
Mensagens : 70
Data de inscrição : 23/07/2018
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 09, 2018 6:20 pm
O Nocker passa o endereço rapidamente. '- Não demore, meu caro... o jantar está quase na mesa!' -  depois das despedidas, ele desliga, saindo do quarto e indo direto para a cozinha anunciando para sua mãe: '- Teremos visita para o jantar... é um amigo meu. Tem algum problema?'

_________________
~ Ícaro Brandão | Íkkarus ~
Nocker da Corte Seelie
¨
Carisma 2 | Aparência 1 
Idade Aparente: 19 anos
Vantagens/Desvantagens visíveis: Olhos de Changeling e Semblante Manifesto
"YOU BETTA WEEEEERK!"
avatar
Admin
Mensagens : 113
Data de inscrição : 26/06/2018
Ver perfil do usuáriohttp://ducado-do-belo-mar.forumeiros.com

Re: O Primeiro Convite

em Qua Out 10, 2018 11:54 am
O homem com a placa no corpo apenas fala um pouco constrangido:

"-Então venham comigo."


Ele leva vocês até uma escada estreita que havia entre as lojas, a escada parecia subir para um andar superior e no final havia um corredor com apenas uma porta entreaberta. Um gato preto passa por vocês e entra pela porta, é possível sentir um cheiro de charuto fedorento no local. O homem guiando vocês, vai até a porta e dá três batidas e a abre deixando vocês entrar.


Dentro vocês podem ver uma sala, como um escritório de alguém. O gato preto estava em cima da mesa lambendo as patas. Vocês escutam em um sotaque italiano e rouco:

" - Ora ora... mas o que temos aqui..."


 Vocês veem o Boggan com estilo mafioso que tinha encontrado anteriormente, ele puxa mais fumaça de seu charuto fedorento e fala:


" - O que as madames querem do meu Saara?"
avatar
Mensagens : 82
Data de inscrição : 29/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Qua Out 10, 2018 2:24 pm
Após, conforme o prometido, desviar-se apenas uma vez do trajeto, Idris chega à casa de Ikkarus, e, após despedir-se de seu Uber (uma fonte infinita de histórias nestes dias modernos), ele toma um segundo para inspirar o ar da noite e absorver a cena, ele era convidado na casa de outro Kithian e isso sempre animava o espírito do Eshu...

*Deixe-me ver.. que desculpa usarei...*

O Wylder rapidamente descarta a ideia, deleitando-se com a perspectiva de, durante a conversa, improvisar, incitaria a mente do Nocker à criar uma história a qual ele seguiria..

Portando um vinho, uma garrafa de agua barata de 1,5L e um pote de sorvete de Flocos, se dirige até a soleira de porta e bate..

3 Vezes e depois mais uma..

*Nada ganha de um clássico*

_________________
Idris Bancole - Eshu

Características notáveis - Carisma 05

Qualidades - Rosto Amigável - Bênção de Atlas
avatar
Mensagens : 79
Data de inscrição : 23/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Qua Out 10, 2018 4:07 pm
A Baronesa sorri e segue o rapaz sem pensar duas vezes para pelas ruelas da feira. Em todo o trajeto ela presta atenção nos arredores e no filho do Duque. 

Evony fica surpresa em ver o Boggan e apenas pensa:

*Hum... Então é aqui que ele fica...*

Com o seu sorriso mais bonito a jovem faz uma reverência suave, mas o suficiente para deixar aparecer um pouco do seu decote enquanto fala docemente:

"- Estamos apenas procurando algo bonito para o Baile. O senhor poderia nos ajudar?"

_________________
Baronesa Evony Marquis Fleurette da Casa Eiluned

Carisma 5 - Aparência Mortal 5 - Aparência Feérica 7

Qualidades:
Beleza Surreal, Sex Appeal, Voz do Rouxinol

Título - Baronesa da Casa Eiluned
avatar
Mensagens : 70
Data de inscrição : 23/07/2018
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Qua Out 10, 2018 8:42 pm
A casa era elegantezinha para os padrões daquela área do Méier, bairro da zona norte carioca, e extremamente simétrica em seu eixo; se o Eshu se atentasse um pouco mais, poderia perceber que até mesmo os desgaste do tempo se repetiam de um lado e do outro: fosse um pastilha caída, que possuía uma irmã em mesma situação no outro lado, ou uma telha que havia saído do seu alinhamento. Tudo era simetricamente colocado na pequena casinha do Méier. Os portões com a parte superior vazadas desnudavam um pequeno jardinzinho frontal que dividia espaço com um pequeno carro vermelho, aparentemente velho mas muito bem cuidado.  A casa, que parecia não tão grande, recebia os convidados com suas arcadas de arcos retos perfeitamente executados, como se cada ângulo tivesse sido milimetricamente calculado para parecer daquela maneira. Em segundo plano, uma pequena janela e uma porta eram "protegidas" por um gradil de mesmo padrão curvilíneo, aparentemente com a mesma perfeição, estavam dispostos na varanda frontal. Era possível notar que a casa era cumprida e parecia ter um outro jardim na parte de trás, onde árvores de médio porte pareciam abraçar a casa.
.
.
A rua não estava muito movimentada aquela hora... já havia passado o horário comercial da maioria das coisas. Não fossem a farmácia na esquina ou o pequeno bar mais a frente, não haveria mais nenhum comércio funcionando. O Nocker não demora muito a aparecer na porta da varanda, vindo até o portão. Ele o abre e analisa o Eshu, que carregava bastante coisa. Havia um vinho, água... e sorvete de flocos! Aquilo não era uma mistura muito comum, ao menos não para Íkkarus. *Vai ver é coisa de artista...*, pensou. Ele então cumprimenta o novo companheiro: '- Tudo bem, Idris? Não precisava se incomodar em trazer nada... mas devo admitir que minha mãe adorará tomar sorvete de flocos na sobremesa... é o favorito dela.' -  ele dá espaço para o Eshu entrar, complementando: '- Vamos?'

_________________
~ Ícaro Brandão | Íkkarus ~
Nocker da Corte Seelie
¨
Carisma 2 | Aparência 1 
Idade Aparente: 19 anos
Vantagens/Desvantagens visíveis: Olhos de Changeling e Semblante Manifesto
"YOU BETTA WEEEEERK!"
avatar
Mensagens : 82
Data de inscrição : 29/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Seg Out 15, 2018 7:27 pm
Idris havia absorvido as peculiaridades da residência, afinal, era o refúgio de um de seu povo, e, além disto, um companheiro..

Ao receber a recepção de Ikkarus, o Eshu demonstra um maravilhoso sorriso.. quase resplandecente demais..

*Ótimo que não fora o vinho...*

O Wylder tinha uma estranha maneira de julgar as pessoas pelas primeiras impressões, a aprendera com uma trupe circense, se levava 03 presentes para a pessoa, um simples, um caro e um ridículo.. Cada escolha revelava um traço da personalidade daqueles que o aceitavam e, naquele momento, Idris começava sua noite com o pé direito..

"-Necessidade jamais fora associada à cortesia meu amigo, e, de que melhor maneira eu poderia retribuir tal convite que não com cortesia? - Após uma rápida piscada para o Nocker, continua - Além disso, depois do que irei lhe pedir e propor, você me dirá que eu fui de extrema rudeza.. e então? Onde está esse jantar??"

_________________
Idris Bancole - Eshu

Características notáveis - Carisma 05

Qualidades - Rosto Amigável - Bênção de Atlas
avatar
Mensagens : 70
Data de inscrição : 23/07/2018
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Seg Out 15, 2018 7:56 pm
Íkkarus apreciava enormemente as conversas que sempre tinha com seu colega Eshu de lábia poética... ele aprendia coisas que ele, um Nocker tímido tão introvertido, jamais saberia durante toda sua vida. Ele anotava as anedotas mentalmente, para sempre lembrar-se delas em momento oportuno. "Necessidade nunca estava ligada à cortesia": isso tinha um quê de verdade muito grande! Entretanto, algo lhe intriga mais ainda: o suposto pedido de Idris. '- E poderia adiantar-me algo, meu caro amigo?'- perguntou enquanto entravam na varanda da pequena casa. Ele suspeitava do que poderia ser, afinal Nockers eram conhecidos por suas habilidades em moldar Quimeras... deixaria para ouvir-lhe primeiro, antes de julgar-lhe. Íkkarus, então, abre a porta e deixa que o mesmo entre na pequena sala de estar da casa, onde haviam dois sofás com estampas de cor neutra e uma televisão recém-desligada depositada sob uma cômoda. Ainda era possível sentir aquele barulhinho característico pós-desligamento e sentir os pêlos se ouriçarem ao aproximar o braço da mesma. Eles passam direto para a sala de jantar, onde havia uma porta para a cozinha, de onde um cheiro característico saia. Olhando para dentro do cômodo perfumado, o Nocker fala: '- Mãe, o meu amigo chegou!'

_________________
~ Ícaro Brandão | Íkkarus ~
Nocker da Corte Seelie
¨
Carisma 2 | Aparência 1 
Idade Aparente: 19 anos
Vantagens/Desvantagens visíveis: Olhos de Changeling e Semblante Manifesto
"YOU BETTA WEEEEERK!"
avatar
Admin
Mensagens : 113
Data de inscrição : 26/06/2018
Ver perfil do usuáriohttp://ducado-do-belo-mar.forumeiros.com

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 16, 2018 5:04 pm
Era possível sentir o cheiro do jantar e ao ouvir seu filho avisar do amigo ela grita:

" - ENTÃO TRAZ ELE AQUI QUE A COMIDA TÁ NA MESA!"


A mãe do Nocker era uma mulher negra, alta com um jeito bastante simples e exagerado típico das pessoas do subúrbio. Ela usava um avental e vai até vocês enxugando as mãos nele. Ela parecia radiante:


" - Finalmente meu filho trouxe um amigo heim! Ele já te falou da festa de aniversário não falou? Já tá tão perto, parece que passou muito rápida toda essa organização. Tem amiga minha até de outro estado só pra me ver, tô chique!"
avatar
Mensagens : 70
Data de inscrição : 23/07/2018
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 16, 2018 6:01 pm
A mãe  de Íkkarus era totalmente o oposto dele e isso era possível perceber de cara. Visivelmente sem graça, ele logo rebate sobre o aniversário: '- Sim, sim, mãe... eu já falei pra ele sobre a festa!' - ele olha pra Idris com suplício, logo complementando: '- Idris, essa é minha mãe... Mãe, esse é o Idris, meu amigo!' - ele convida o Eshu a sentar-se a mesa, perguntando: '- E onde está o pai?'

_________________
~ Ícaro Brandão | Íkkarus ~
Nocker da Corte Seelie
¨
Carisma 2 | Aparência 1 
Idade Aparente: 19 anos
Vantagens/Desvantagens visíveis: Olhos de Changeling e Semblante Manifesto
"YOU BETTA WEEEEERK!"
avatar
Admin
Mensagens : 113
Data de inscrição : 26/06/2018
Ver perfil do usuáriohttp://ducado-do-belo-mar.forumeiros.com

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 16, 2018 6:23 pm
O Boggan olha para vocês, parece que ele avalia vocês como se fossem pequenas jóias. Ele puxa mais um trago do charuto, o gato preto pula em seu colo e ele segue acariciando enquanto fala com sotaque italiano:

" - Então vocês vêm pedir minha ajuda... Claro que posso ajuda-las. Normalmente esse Saara estaria cheio de ofertas e produtos. Mas atualmente, as compras se resumem a mim mesmo. Ninguém sente segurança em se expor tanto nesses tempo difíceis."


Ele para por um momento, olha para Arianna, depois olha para Evony. Algo parecia chamar sua atenção quando olha para Evony. Ele olha novamente para Ariana por alguns segundos. Algo em seu semblante muda como se tivesse entendido algo. O Boggan dá uma leve risada, se recosta na cadeira e grita:


" - Jorge! Traz a caixa 37 e 83 do nosso estoque." 

Depois diz para vocês:

" - Vocês querem algo bonito? Então vejam essas maravilhas."


 O homem com o cartaz no corpo traz duas caixas de tamanho grande, coloca em cima da mesa e as abre. Em uma delas é possível ver 4 máscaras. 3 embaixo e 1 em cima em destaque. A máscara em destaque é algo realmente estonteante, ela parecia se mover esperando a pessoa certa vesti-la.



Arianna parecia não ligar muito para essas coisas, apenas prestava atenção em volta para garantir se não havia algum tipo de perigo.
avatar
Mensagens : 79
Data de inscrição : 23/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 16, 2018 6:43 pm
A Baronesa sorri feliz em concordância quando o Boggan fala que pode ajudá-las. Duas enormes caixas chegam logo e dentro delas estão contidas belas máscaras. A mais bonita obviamente chama a atenção de Evony que em um rápido movimento a toma em suas mãos para observá-la com mais atenção, passa os dedos suavemente absorvendo cada detalhe da sua natureza quimérica e banal. Ela desejava aquela máscara e faria de tudo para ficar com ela. 

*EU serei a MAIS bela desse Baile! Custe o que custar!*

Olhando o Boggan de maneira direta, a bela jovem pergunta com sua voz doce e aveludada: 


"- Vejamos o que temos aqui Don Ignazio. Que lindas máscaras! Está é minha favorita... O que custam?"


Ao fim da frase seu olhar passa para o Boggan de maneira séria. Já tinha entendido pelo menos um pouco daquele senhor e estava preparada para negociar.

_________________
Baronesa Evony Marquis Fleurette da Casa Eiluned

Carisma 5 - Aparência Mortal 5 - Aparência Feérica 7

Qualidades:
Beleza Surreal, Sex Appeal, Voz do Rouxinol

Título - Baronesa da Casa Eiluned
avatar
Admin
Mensagens : 113
Data de inscrição : 26/06/2018
Ver perfil do usuáriohttp://ducado-do-belo-mar.forumeiros.com

Re: O Primeiro Convite

em Ter Out 16, 2018 7:27 pm
Aquela máscara realmente era a mais bela máscara que Evony já tinha visto. Don Ignazio responde:

" - Essa máscara foi feita com penas de cisnes reais retiradas diretamente do Sonhar profundo. Realmente é uma raridade e infelizmente não está a venda."


Ele olha para Evony e continua:


" - Na verdade aqui eu não trabalho com venda. Trabalho apenas com... digamos... penhora? Deixe algo que eu quero e depois volte para buscar. É incrível como uma boa parte nunca volta. Agora, eu realmente acho que uma beldade como você, merece um item desse nível. Claro se você não quiser, talvez sua amiga ali prefira usá-la."


Ele fala com malícia no olhar e prossegue:



" - Sobre o que eu quero... bem... Não sou um homem avarento... O que eu quero é algo que você tem de sobra. Em troca da máscara, quero um pouco da sua beleza. Não se preocupe, você continuará bela, quero apenas um pedaço dela. Estou aqui disposto a ajudar então não venha me ofender caso tenha alguma pretensão de colocar algum preço em meus produtos."
avatar
Mensagens : 79
Data de inscrição : 23/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Qua Out 17, 2018 8:00 am
Evony fica extasiada quando escuta que a as penas de ganso vieram diretamente do Sonhar Profundo. Realmente algo tão belo não poderia ter vindo de nenhum outro lugar. 

Don Ignazio então fala que não está a venda e a Baronesa cerra os lábios um tanto quanto contrariada quando ele menciona que ela não está a venda, mas logo sua expressão se suaviza quando ele menciona seu sistema de penhora porém, com a mesma velocidade que a suavidade vem, ela vai embora quando ele menciona que Arianna poderia ficar com máscara. Uma breve expressão assassina passa em seus olhos, mas ela continua esperando para ver o que aquele Boggan pediria. 

Então o preço vem e a Baronesa olha estupefata por um segundo e depois uma fúria fria como a neve toma conta do seu olhar enquanto ela pensa:

*QUEM ESSE MALDITO PLEBEU PENSA QUE É? SE EU ESTIVESSE COM TODOS OS MEUS PODERES O FARIA ENGOLIR A PRÓPRIA LÍNGUA E ARRANCAR OS PRÓPRIOS OLHOS POR TAMANHA INSOLÊNCIA. MINHA BELEZA?! EU SOU O SER MAIS BELO DESTE MUNDO E CONTINUAREI ASSIM ATÉ O FIM DOS TEMPOS. ISSO NÃO VAI FICAR ASSIM!*

A Fúria da Baronesa dura apenas um segundo e logo ela começa a colocar sua máscara de cordialidade e delicadeza enquanto responde ao Boggan, primeiro com uma doce gargalha. Não havia nenhum tom de zombaria ou desrespeito mas como se a idéia de dar um pouco de sua beleza fosse realmente engraçada.

"- Meu caro Don Ignazio, admito que essa máscara é lindíssima e que meu coração a deseja. Mas Beleza é Vida e não poderia abrir mão de parte da minha vida assim... Mas acredito que se conversamos podemos chegar a um acordo que satisfará ambas as partes."

Evony olha então para Arianna e para o filho do Duque e fala:


"- Por que vocês dois não dão uma volta enquanto eu faço essa negociação? Tenho certeza que será muito chato para Edvan ficar ouvindo adultos falando de negócios e ele precisa de mais diversão. Logo logo eu encontro vocês. Só preciso conversar rapidinho com Don Ignazio a sós."

A todo momento a voz da Sidhe soa com uma beleza quase sobrenatural que acompanham seus graciosos movimentos e um sorriso capaz de matar os fracos de coração. 

OFF GAME: Teste de carisma + lábia (se necessário ou cabível) pra convencer as pessoas da sala.

_________________
Baronesa Evony Marquis Fleurette da Casa Eiluned

Carisma 5 - Aparência Mortal 5 - Aparência Feérica 7

Qualidades:
Beleza Surreal, Sex Appeal, Voz do Rouxinol

Título - Baronesa da Casa Eiluned
avatar
Mensagens : 82
Data de inscrição : 29/07/2018
Ver perfil do usuário

Re: O Primeiro Convite

em Qua Out 17, 2018 10:33 am
Ao começar a entrar na casa e a pergunta do Nocker, este se limita a responder...

"-Satisfazemos sua família primeiro, depois conversamos, mas lhe garanto que é um projeto ambicioso.." - Fala divertidamente com seus olhos de constelação.

O trato familiar que o Eshu testemunha a seguir joga areia quente sobre seu coração, ao mesmo tempo que o aquece, ele sente uma profusão de pequenas dores e pontadas por saber que aquele era o sonho que jamais conquistaria, a naturalidade familiar tão fácil de se ter e completamente impossível de se conquistar, era uma daqueles raros eventos do mundo que apenas é.

Idris havia escutado mil músicas sobre o amor, lido centenas de poemas sobre o mesmo tema, e, ainda assim, o assunto mais abordado no universo era de uma complexidade tal que jamais alguém o poderia prender em palavras, ninguém jamais saberia o que era o amor, mesmo que ele insistisse em se mostrar à todos aqueles com olhos para ver.

O Wylder era um eterno apaixonado pelo mundo e todas as suas cores, e, apenas sua formação nos palcos evitou que seus olhos se enchessem de lágrimas ao ver, por apenas um segundo, no som gritado pela mãe do Nocker, o amor em sua plenitude graciosa.

Com seu sorriso característico, assume seu papel..

"-Claro que falou, ele esta ansioso por essa festa como se quem fosse ganhar os presentes fosse ele, mas, em sua ânsia, esqueceu de me dizer o mais importante, mas, como não sou afeito a pedidos pretensiosos, proponho uma troca, escolha um destes - Fala mostrando o que trazia nas mãos - Por seu nome, e, como já tens o meu, acrescentarei ao negócio uma pergunta a qual prometo responder da melhor forma possível.."

_________________
Idris Bancole - Eshu

Características notáveis - Carisma 05

Qualidades - Rosto Amigável - Bênção de Atlas
avatar
Admin
Mensagens : 113
Data de inscrição : 26/06/2018
Ver perfil do usuáriohttp://ducado-do-belo-mar.forumeiros.com

Re: O Primeiro Convite

em Qua Out 17, 2018 10:50 am
A mãe do Nocker escuta o Eshu falando, dá um sorriso e diz para Ikkarus sorrindo:

" - Eu não entendo nada do que ele diz, mas seu amigo é tão charmoso! Parece artista de cinema! Ah meu nome é Tereza, já que esse mal educado não disse."

Ela dá um tapa de leve na cabeça do Nocker e pega o sorvete enquanto o pai de Ikkarus chega até a sala de jantar, resmungando. Ele tem uma aparência de cansaço e parecia estar vendo Jornal Nacional.

" - Por isso que esse país tá assim.. é só roubalheira. Mas isso já vai mudar."



Ele sinaliza pra Ídris e dá uma olhada rápida para o vinho, se senta à cabeceira da mesa enquanto sua esposa coloca comida em seu prato.


" - Pode botar as coisas aí na mesa garoto, esse vinho parece bom, mas nunca vi ninguém trazer água pra casa de alguém não."


 Ele fala de forma divertida enquanto começa a comer sem cerimônias e aponta a comida para o Eshu dando a entender que ele pode se servir. A mãe também se senta a mesa e todos começam a comer. Em alguns momentos é possível perceber que o pai de Ikkarus olha discretamente tanto para seu filho quanto para Ídris.
Conteúdo patrocinado

Re: O Primeiro Convite

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum